OFICINAS

POR DENTRO
DA OBS

O perfil inovador da Orquestra Brasileira de Sapateado a faz sempre estar buscando uma nova forma de sapatear, mesclando-se com diversas outras linguagens, como o canto, a interpretação corporal e teatral, o humor e a música para gerar um estilo alegre, descontraído e musicalmente brasileiro.

O objetivo destas oficinas é ensinar aos alunos como funciona este processo físico e mental de integração dessas atividades. Enfrentando os desafios, arriscando, pesquisando, construindo até que se torne orgânico o que parece impossível

Maracatu

 

“O Maracatu é uma manifestação cultural da música folclórica Pernambucana. Esta é uma oficina de canto, percussão e sapateado que tem como objetivo ensinar aos alunos como funciona o processo físico e mental da integração dessas atividades. Numa explosão de ritmos, com o tamborim, agogô e chocalho é criado um número alegre com muita brasilidade. Arranjo de Ju Cassou.”

 

Caminho da Fama

 

“Nesta oficina o aluno é desafiado a unir o sapateado ao canto e interpretação. Será ensinado um número baseado na coreografia de Maria Luiza Cavalcanti criada para o espetáculo “Sapato Musical” da OBS em 2002. É uma música do filme Mágico de OZ com arranjos de Nico Resende.”

 

Cinema

 

“Esta oficina tem como objetivo unir o sapateado ao canto e interpretação simultaneamente. Será ensinado um número baseado na coreografia de Maria Luiza Cavalcanti criada para o espetáculo “Sapato Musical” da OBS em 2002. Música de Nico Resende.”

 

Repertório OBS - Insônia

 

“A coreografia Insônia faz parte do repertório da OBS. O número foi apresentado em diversos espetáculos ao longo desses 28 anos. A técnica do sapateado trabalhada com elemento cênico e a interpretação é a proposta para essa oficina. Coreografia de Stella Antunes e Amália Machado. Música de Tim Rescala.”

Fotos Oficina em São José dos Campos – SP – Abril 2017